Sam The Kid - Abstenção

[Avó de Sam The Kid (samplado)]
Ele em mim não manda nada
porque ele é um ordinário que não presta pra nada
pra mim...
Mas digam-lhe isso a ele mesmo,
ele pra mim não conta pra nada porque ele é uma merda
Ele não percebe nada disto...
Ele só está aqui pa carregar ordens...
Mandar? não. Trabalhe!

[Bridge x3 (samplado)]
O povo, unido,
jamais será vencido/

[Verso 1]
Yeah, não sou licenciado nem recenseado,
com paciência, há-de aparecer alguém credenciado, com
moral/
Que me faça votar, me faça lutar, me faça notar,
e faça esgotar a campanha eleitoral/
Por enquanto é só comédia, many manipula os média,
que se excedem a assustar o nosso povo com medo/
Eu não voto, eu boicoto, mas crio as horas nocturnas,
sei qu'é o meu futuro, mas não vou acordar cedo/
Pa pôr um voto nulo ao eleger um chulo ou um cherne,
ou quem governe só com charme mas num mês dá um
terno/
e tropeçam, mal começam quando quebram a promessa,
não me peçam interesse, vocês não se interessam/
Eu não preciso de reflexão eu já, tou decidido,
eu só voto na verdade e não a vejo em nenhum partido/
A minha previsão é o privilégio garantido,
para um puto no colégio "onde é que tá'lgum
conhecido?"/

[Refrão 1]
E eu sou - a percentagem qu'a sondagem nunca mostra,
eu sou - a mente exausta da miragem mal composta/
eu sou - a indiferença e a insatisfação,
eu sou a anti-comparência, eu sou abstenção/

[Verso 2]
Pra muitos é defeito, é de facto imperfeito,
e o respeito vem de fato pó eleito logo/
Pra mim é mais um cromo que só me vai dar um défice,
só me vai dar a fome quando eu só quero é peace/
e ó lefice, aperta esse apelo, é só loi-no não sou
boi, eu sou,
conforto no aborto de liberdade de escolha, mas só/
oiço é palavras sem acção, ponham uma rolha,
e acabem co'a brincadeira, putos arrebenta a bolha/
A linguagem não é crua e tendo mais remorsos,
e eu nunca vos vi na rua a não ser em arredores/
ou d'urso, o discurso é coincidência,
todos querem presidência pa ter nova residência/
É a minha impressão, o meu desabafo,
neurónios memorizam na televisão toda a cafe e o
staff/
limpa-vos a boca dos beijos que não convencem,
vocês vencem, já não pertencem ao povo, pensem um
pouco/
E comecem do início, de novo,
alterem e tirem ("o sacrifício do povo")/
E eu devolvo a indiferença pa foder partidos e
blocos,
eles é que tão em alta, a gente anda aqui a contar
trocos/

[Refrão 1]

[Refrão 2]
Tu és - justiça postiça que nos pisa a voz,
é o que nos diz a pesquisa dos bisavós/
Alguns dizem qu'o povo unido,
não será vencido e aí não duvido/

[Bridge x2 (samplado)]

[Avó de Sam The Kid (samplado)]
O meu pai era um homem inteligentíssimo
não devia nada a estes cabrões deste filhos duma
puta...
porque é qu'eles estudaram e eu não estudei?
porque é qu'eles têm mais estudos do que eu?
ai não sabes... porque já os pais deles eram mais
ladrões qu'o meu.

[Interlúdio do album - entrevista (samplado)]
[Jornalista] E temos também aqui algumas pessoas que
trabalham dentro da prisão
e ainda não tiveram oportunidade de trabalhar lá
fora.
Quando vê os seus colegas todos os dias saírem,
fica com vontade também de sair?
[Entrevistado] É assim, eu fico com vontade de sair só
que a minha situação
é diferente da dele porque eu não sei se vou poder
beneficiar do ravé
porque a minha pena é pequena e falta-me pouco tempo
mas é bom, é bom ver isto e é bom que mais meus
companheiros
qu'aqui estão e têm penas maiores possam beneficiar
disso
e tanto, temos estado a ver pelas, as pessoas,
as celebridades que tão aqui hoje:
a ministra da justiça, o sr. presidente da câmara de
Sintra...
[Jornalista] Mas não fica com um pouco de inveja todos
os dias quando os vê sair?
[Entrevistado] É assim, não podemos, não podemos ir
por aí,
não podemos utilizar esse termo de inveja
porque é bom isto acontecer porque além do mais
deles começarem-se a reinserir na sociedade, tão a
começar a despertar,
tão a começar a acreditar qu'existe outra coisa, que a
vida é boa
e a gente vem, vem dum... támos habituados a um mundo
de lá de dentro,
que é totalmente diferente deste...
e sendo assim, a gente consegue começar a ter mais
expectativas,
começar a aproveitar melhor a vida.

Lyrics licensed by LyricFind

Wijzigen Zit er een fout in de songtekst? Wijzig hem dan nu!