O Rappa - Mar De Gente

Brindo à casa
Crindo à vida
Meus amores
Minha família

Atirei me ao mar
Mar de gente
onde eu mergulho
sem receio
Mar de gente
onde eu me sinto
por inteiro


Eu acordo com uma
ressaca guerra
Explode na cabeça
e me rendo
a um milagroso dia
Essa é a luz que
eu preciso
luz que ilumina a cria
e nos dá juizo

Voltar com a maré
sem se distrair
Tristeza e pesar
sem se entregar
Mal. Mal vai passar
Mal vou me abalar

Esperando
verdades de criança
Um momento bom
como lembrança
Voltar com a maré
Sem se distrair
Navegar é preciso
Se não a rotina te cansa
Tristeza e pesar
Sem se entregar
Interesses na Babilônia
nevoeiro
Poços em chamas
tiram proveito
Passa
É passageiro
Arte ainda se
mostra primeiro
Uma onde segue
a outra assim o mar
olha prô mundo.

Lyrics licensed by LyricFind