Ukestra do medio - As chaves do inferno

Chegou à minha porta
coas chaves do inferno nas maos.
Está-mas a oferecer
e sei que vou ceder.

Tal honra nom mereço.
Tam má nom fum, ou si? nom o sei.
Serei guardiá do averno,
zeladora sem temor.

A essência do averno está
outra vez nas minhas maos.

Mil trompetas ouvirás
quando o fecho for girar.

Se me pedirem outra vez
as chaves do inferno,
eu nom lhas penso dar.
Pode ser que as necessite
para fazer a minha festa
e será espetacular!


O averno está na esquina
parece umha porta normal,
mas de cerca ouvirás
linguagens irreais.

Conhecer o demo está
outra vez nas minhas maos.

Mil trompetas ouvirás
quando o fecho for girar.

Se me pedirem outra vez
as chaves do inferno,
eu nom lhas penso dar.

Pode ser que as necessite
para fazer a minha festa
e será espetacular!

bem-vidas a esta festa!

Lyrics licensed by LyricFind