D.a.m.a - Oh no

O tempo não anda 'pa trás
É só temos quatro paredes
O que eu faço contigo eu só faço contigo
É contigo, eu não faço por menos e eu sei
Que eu tenho tanta culpa nisso
É só mais um deslize, pensa se me queres assim
Chega, pega, fica aqui não vês que eu me apeguei
Diz-me que te faz mal eu fazer-te tão bem e vem cá
Que eu faço daquela maneira que põe a tua sina na palma da minha mão
Ou não, ou não

Oh no, oh no

Não me lembro do que ela disse
Ai que chatice
Damos a volta nisso
Fazemos figas mas não somos mais do que isto, então
Dizes só visto, ouve isto, eu só nos vejo aos dois
Inspirar-me no teu até não ter pulmões
Já vi que não me chegas, ficas, fico a pensar depois
Vejo-te no escuro tipo alucinações
E eu faço daquela maneira que põe a tua sina na palma da minha mão
Ou não, ou não


Oh no, oh no

Achava que 'tava tudo bem, fiquei a pensar nisso
A sério que pensava que eras tu e o mundo é só um sítio, eu achava
Se não te tenho nunca tive
Foi só um deslize
Não tinha de ser assim
Larga-me os dados
Pena porque gostamos de jogar
Tudo o que vem vai na volta também
Podes ficar esta noite, 'tá bem, vem cá
Que eu faço daquela maneira que põe a tua sina na palma da minha mão
Ou não, ou não

Oh no, oh no

Lyrics licensed by LyricFind